Discoteca Festival (Lisboa)

Uma sobrevivente do antigo mapa de lojas de discos em Lisboa, a Discoteca Festival mora na Rua Augusta e tem uma oferta de música dos anos 60 aos 90 em vinil, CD e cassete. Texto: Nuno Galopim

Do antigo mapa de pequenas lojas de discos que a cidade de Lisboa conhecia em finais do século XX quase tudo são memórias desaparecidas. E contam-se por menos dos dedos de uma mão as casas que, com vida nesse tempo, chegaram aos nossos dias. Uma delas mora num primeiro andar de um prédio na Rua Augusta (mesmo junto ao Rossio) e anuncia-se não só pelos sons que saem da janela como pelos néones e expositores que, no piso térreo, nos convidam a entrar, subir as escadas e descobrir o que ali podemos encontrar… E vale a pena ter tempo livre, que a oferta é vasta, variada, e com preços justos.

Estamos na Discoteca Festival, cuja história recua aos tempos em que o vinil ainda superava as vendas em CD. Os dois formatos ainda hoje ali coexistem, com um grande armário a arrumar muitos dos CD numa das paredes maiores da loja, havendo ainda uma boa seleção no balcão e ao fundo, entre as janelas. O vinil é quem mais espaço ocupa (todo o corpo central e as restantes paredes, com os formatos a sete polegadas concentrados ora em caixas junto à porta ora em armários ao lado das janelas.

Filha do antigo proprietário, a atual responsável pela loja procura dar-lhe novo fôlego. Mas em nada descaracterizou a identidade da (velha) Discoteca Festival. O fado é ali um universo discográfico em destaque. Mas do mundo de sons que ali encontramos – e há de tudo, do pop/rock à soul e jazz – há outros espaços capazes de cativar atenções maiores de melómanos e colecionadores. São eles a música popular portuguesa (bela seleção de singles e EPs dos anos 60 e 70), a música africana, a brasileira e a música clássica (aqui com nota de destaque para um lote considerável de óperas e outras obras de maior extensão editadas em caixas de LP).

Entrar na Discoteca Festival hoje em dia é como fazer uma viagem no tempo sem ter de sair do presente com uma qualquer engenhoca descendente da que H.G. Wells imaginou em finais do século XIX. A oferta em discos e o próprio aspeto da loja guardam memórias de outros tempos. A coisa é de preservar, portanto… E a oferta em discos sugere várias visitas…

Discoteca Festival

Rua Augusta, nº 280 – 1º andar

Contacto: 918248178

E-mail: recordstalecg@gmail.com

Horário: terça a sábado das 11.00 às 19.00 horas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.