A discografia dos Duran Duran

Uma das mais sólidas referências da cultura pop dos oitentas, com uma carreira que atravessou os tempos com algumas mudanças de formação mas nunca uma pausa, os Duran Duran atingem agora a fasquia dos 40 anos. Quarenta de discos que, na verdade, o grupo nasceu em Birmingham em 1978, originalmente na forma de um tio com Nick Rhodes (teclas) e John Taylor (na altura na guitarra) e contando com a voz de Stephen Duffy. A saída deste último, poucos meses depois, deitou por terra o caminho para um álbum de estreia no qual estavam a trabalhar e do qual algumas canções ganhariam forma, longos anos depois, no disco que Nick Rhodes e Stephen Duffy criaram sob o nome The Devils.

Vão chegando novos músicos. Roger Taylor na bateria, Andy Taylor na guitarra (passando John para o baixo) e, depois de uma etapa em 1979 com Andy Wickett, a chegada de Simon Le Bom fixou a formação em 1980. Chamaram atenções ao assegurar o slot de abertura da digressão de Hazel O’Connor desse ano e, ainda antes do fim do ano, estavam nos estúdios da EMI em Manchester Square a gravar com Colin Thruston não só as maquetes para o álbum de estreia mas as duas faixas para o single de estreia, que editaram a 2 de fevereiro de 1980.

Planet Earth e Late Bar foram assim o primeiro episódio de uma discografia que nasceu diretamente ligada a vivências e referências em comum com o movimento new romantic, do qual o grupo descolaria ainda antes do final de 1981 para olhar mais adiante, criando uma visão pop muito pessoal que, apesar de assente sob referências que vão de Bowie aos Chic, cedo deixou claro que iria definir a região demarcada de si mesma.

As dores do crescimento trouxeram instabilidade em meados dos oitentas, quando o estatuto alcançara um patamar de popularidade global que, por sua vez, gerou muita comichão no discurso crítico. Os anos 90, e em particular as opiniões favoráveis de jovens admiradores, de Billy Corgan a Courtney Love, ajudaram alguns antes céticos a reavaliar o percurso e a real influência dos Duran Duran entre as gerações seguintes. A reunião da formação original depois da viragem do milénio deu ao grupo um novo momento. Com formação a quatro fixada desde a gravação de Red Carpet Massacre, são hoje respeitados veteranos. Ainda ativos, com uma obra em disco, assim sendo, longe de fechada.

Aqui fica um apanhado da discografia. Gradualmente surgirão links para textos sobre cada um dos discos.

SINGLES:

1981. Planet Earth (ler aqui)

1981. Careless Memories (ler aqui)

1981. Girls on Film (ler aqui)

1981. My Own Way (ler aqui)

1982. Hungry Like The Wolf

1982. Save a Prayer

1982. Rio

1983. Is There Something I Should Know?

1983. Union of The Snake

1984. New Moon on Monday

1984. The Reflex

1984. The Wild Boys

1985. Save a Prayer (live)

1985. A View To a Kill

1986. Notorious

1987. Skin Trade

1987. Meet El Presidente

1988. I Don’t Want Your Love

1988. All She Wants Is

1988. Too Late Marlene (Brasil)

1989. Do You Believe In Shame?

1989. Burning The Ground

1990. Violence of Summer (Love’s Taking Over)

1990. Serious

1993. Ordinary World

1993. Come Undone

1993. Too Much Information

1993. Drowning Man (EUA)

1993. None Of The Above (Japão)

1995. Perfect Day

1995. White Lines (Don’t Do It)

1995. Lay Lady Lay (Itália)

1997. Out Of My Mind

1997. Electric Barbarella

2000. Someone Else Not Me

2001. Last Night on Earth (Japão)

2004. Reach Up for the Sunrise

2004. What Happens Tomorrow

2007. Falling Down

2010. All You Need Is Now

2011. Girl Panic (EUA)

2015. Pressure Off

EPs:

1981. Nite Romantics (Japão)

1982. Carnival

1983. DMM Mega Mixes (Alemanha)

1984. Tiger! Riger! (Japão)

1985. Mixing (Itália)

1987. Strange Behaviour (Japão e Itália)

2010. The Dub Mix EP (digital)

2012. Remix EP (digital)

2011. From Mediterranea With Love (digital)

2013. No Ordinary EP

PROMOS:

1981. With Compliments (Portugal)

1982. Anyone Out There (Brasil)

1987. Duran Goes Dutch (Holanda)

1993. Breath after Breath (Brasil)

1998. The Remixes – Part One

1998. The Remixes – Part Two

2000. Playing With Uranium

2004. Nice

2007. Skin Divers (Hong Kong)

2011. Leave a Light On

2015. What Are The Chances?

2016. Last Night In The City

ÁLBUNS DE ESTÚDIO:

1981. Duran Duran

1982. Rio

1983. Duran Duran (EUA)

1983. Seven and The Ragged Tiger

1986. Notorious

1988. Big Thing

1990. Liberty

1993. Duran Duran (Wedding Album)

1995. Thank You

1997. Medazzaland

2000. Pop Trash

2004. Astronaut

2007. Red Carpet Massacre

2010. All You Need Is Now

2015. Paper Gods

ÁLBUNS AO VIVO:

1984. Arena

2003. Encore Series

2005. Live From London

2009. Live at Hammersmith 82

2010. BBC In Concert: Hammersmith Odeon, 17th December 1981 (digital)

2010. Live at The Beacon Theatre (NYC 31th August 1987) (digital)

2010. BBC In Concert: Manchester Apollo, 25th April 1989) (digital)

2012. A Diamond in the Mind (Live 2011)

2017. Thanksgiving Live At Pleasure Island

2018. Budokan

2018. The Ultra Chrome Latex and Steel Tour

2019. As The Lights Go Down

COMPILAÇÕES / CAIXAS:

1986. La Dolce Vita (Itália)

1987. Master Mixes

1989. Decade

1998. Greatest

1998. Night Versions

1999. Strange Behaviour

2000. The Essential Coillection

2003. Singles Box Set 1981-1985

2004. The Singles 1986-1995

2012. The Biggest and The Best

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.