E que tal a música dos Kraftwerk… mas com uma ‘steel band’?

O grupo tem 50 anos de vida e uma história que envolveu já várias formações e gerou alguns discos. Com “casa” na zona de West London, a Ebony Steel Band, atualmente um coletivo de 11 elementos, aceitou o desafio de abordar, à sua maneira, a música dos Kraftwerk. Pegaram numa mão-cheia de clássicos da sua etapa de referência… Europe Endless de Trans Europe Express (1976), The Model, Spacelab, Neon Lights ou The Robots do álbum The Man Machine (1978), a dupla contrastada Computer World e Computer Love de Computer World (1981) ou ainda Tour de France (editado originalmente como single em 1983). As maiores surpresas são, todavia, mergulhos em memórias mais remotas como Kommetenmelodie 2 (que foi o primeiro single do grupo, em 1973) e Tanzmuzik (do álbum de 1973 Ralf & Florian) que transformaram em Tanzmusik (Jump Up).

O álbum, ao qual chamaram Pan Music (“pan” é um termo sinónimo do ‘steel drum’) foi gravado em duas sessões em Londres em abril de 2018 e agora junta uma nova dimensão à já vasta história de leituras e descendências da obra dos Kraftwerk.

As steel bands surgiram em Trindade e Tobago, ilhas do mar das Caraíbas, por volta dos anos 30 e a sua existência começou por estar associada aos festejos do Carnaval. Tocam música com tambores feitos de aço, aos quais a literatura em língua inglesa chama ‘steel drums’, ‘steel pans’ ou simplesmente ‘pans’. A história das steel bands já se cruzou por diversas vezes com outras músicas. Como exemplos tanto podemos ter a canção Wings Of a Dove (1984) dos Madness ou um disco recente de interpretações de peças de Philip Glass pela NY Steel (NY Steel Plays Philip Glass, editado em 2011 pela Orange Mountain Music).

Esta abordagem “caribenha” junta-se assim às do Balanescu Quartet em Possessed (1992) ou Señor Coconut em El Baile Alemán (1999) no processo de reconhecimento destas peças dos Kraftwerk como standards da era da música eletrónica.  

“Pan Machine”, da Ebony Steel Band, está disponível em LP, CD e nas plataformas digitais numa edição da OM Swagger

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.