Dois filmes-concerto para celebrar os 40 anos dos The Cure

Dois concertos e duas formas de assinalar 40 anos de uma banda que, apesar dos discos – muitos e marcantes – foi nos palcos que definiu sempre a ligação mais visceral da sua música com o seu público. O momento era de celebração. Afinal 2018 assinalava a passagem dos 40 anos sobre o lançamento de Killing An Arab, single de estreia do grupo. E de dois episódios da agenda de atuações (que passou depois por Lisboa, já este ano) que assinalaram os 40 anos de vida dos The Cure ficaram os registos de duas atuações “em casa”. Uma no Southbank Centre, outra perante uma multidão como o Hyde Park permite juntar. Ambos os concertos viveram da revisitação de memórias, mas cada qual sob uma lógica (e um alinhamento) diferente. Faz por isso sentido que da soma de ambas as atuações surja agora um documento que guarda estes olhares sobre o passado. E que antecipa um episódio com novas canções que sabemos que está pela frente (mas ainda sem data anunciada).

Comecemos, tal como o próprio package sugere, pelo concerto no Southbank Centre, a 24 de junho de 2018. Foi a cereja sobre o bolo de uma edição do Meltdow Festival que teve como curador o próprio Robert Smith (vocalista e timoneiro dos The Cure), que ali tinha já chamado nomes como os de Kirstin Hersh ou os Mogwai. Na hora de levar os The Cure a palco, deixando assim a sua marca mais profunda de identidade na curadoria que assinou, Robert Smith (e banda) optaram por um formato curioso. Escolher apenas canções de cada álbum, arrumando-as num percurso que as alinhava, primeiro, uma a uma, no sentido da evolução cronológica desde Three Imaginary Boys (de 1979) até ao mais recente 4:13 Dream (de 2008), repetindo depois o percurso, agora em sentido inverso, ordenando então a segunda canção escolhida de cada disco até regressar à casa da partida. A ideia, a que chamaram Curaetion-25: From There To Here / From Here To There, é gourmet e servia uma lógica de alinhamento mais apontado ao admirador (e, portanto, conhecedor) da obra dos The Cure do que às multidões naturalmente mais generalistas que enchem as plateias dos festivais… E de facto aqui surgem algumas peças mais inesperadas, sobretudo faixas que não foram singles, embora sem deixar de lado algumas referências inevitáveis: a reta final, onde surge, canções como One Hundred Years, Primary, A Forest e Boys Don’t Cry é digna da construção de uma apoteose com sala em celebração. O filme deste concerto é assinado por Nick Wickham e procura sublinhar a passagem no tempo ao longo da set-list alterando características do olhar (textura, cor, enquadramentos).

Bem distinto deste alinhamento, o que, poucos dias depois, a 7 de julho, levaram a um palco levantado no Hyde Park. E aí as escolhas foram apontadas a uma plateia literalmente maior. Se Curaetion 25 fora uma noite “para fãs” este outro seria um concerto para os muitos que fizeram dos The Cure uma referência maior na história pop/rock britânica desde os finais da década de 70. Com Plainsong a abrir o alinhamento, o concerto deixou logo claro que seria feito de uma celebração de clássicos com Pictures Of You, High ou The Walk logo entre as primeiras escolhas num caminho de memórias que depois juntou outros clássicos maiores como A Forest, Never Enough, Lullaby, Caterpillar, Friday I’m In Love, Why Can’t I Be You ou Boys Don’t Cry, até terminar o encore onde tudo começou, com Killing an Arab. Neste Anniversary 1978-2018 Live in Hyde Park London a realização, sem truques, escorreita, coube ao velho parceiro Tim Pope, autor de alguns dos mais icónicos telediscos dos The Cure.

“Cureation 25 / Anniversary” dos The Cure está disponível em formato de 2DVD ou 2Blu-Ray numa edição da Eagle/Universal. Há uma Superdeluxe Edition que junta aos DVD ou Blu-Ray os registos em áudio de ambos os concertos em quatro CD.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.