Um novo mergulho pelo passado mais recente dos Pink Floyd

Três anos depois de uma caixa colossal que juntava memórias dos primeiros anos de vida dos Pink Floyd, eis que surge agora uma segunda, que foca atenções na etapa tardia, iniciada em 1987. Texto: Nuno Galopim

O ano de 2019 foi rico em operações de arqueologia entre arquivos de artistas que já não estão entre nós. David Bowie e Prince, de resto, são figuras com uma “vida” editorial ainda mais ativa no presente do que nunca… Apesar da reunião de David Gilmour e Nick Mason para, com a colaboração de mais alguns músicos, completar gravações dos tempos de The Division Bell, das quais nasceu em 2014 o álbum Endless River, podemos dar como encerrado o percurso criativo dos Pink Floyd. A vastidão dos seus arquivos e as possibilidades de reencontro – em estúdio – com gravações antigas deixa, contudo, em aberto, todo um corpo de possibilidades para novos lançamentos. E assim, passados três anos sobre a edição da colossal caixa The Early Years 1965-1972 (que juntava vários CD, DVD, Blu-ray, singles em vinil e reproduções de memorabilia) eis que surge uma segunda incursão pelos baús da memória dos Pink Floyd. Porém procurando peças de outros tempos e propondo abordagens diferentes.

The Later Years lança um conjunto de olhares sobre a etapa final da obra dos Pink Floyd, correspondendo a uma fase em que o grupo está reduzido a um duo, com David Gilmour como voz (e figura ao leme) e Nick Mason na bateria. Uma das mais saborosas revelações desta caixa é uma nova mistura, com elementos extra, atualizados, de A Momentary Lapse of Reason, o álbum de 1987 que abriu este capítulo, quatro anos depois de The Final Cut, que assinalara a última criação com Roger Waters a bordo. O disco assinalava, por outro lado o regresso do teclista Richard Wright, então como músico convidado, mas com uma contribuição marcante na gravação das canções, algumas delas originalmente destinadas a um disco a solo de Gilmour. Criado num tempo de disputas legais, o disco revelava sinais dos tempos, sobretudo num registo de produção “intensa” (à la finais dos 80s) que a nova mistura suaviza, permitindo escutar de forma mais evidente marcas da presença dos músicos… valorizando o trio que, na verdade, representa esta etapa na vida do grupo. Nick Mason gravou novas partes de bateria. E foram substituídas partes de teclas tocadas por músicos de estúdio por gravações de Richard Wright captadas ao vivo durante a digressão seguinte. O resultado é tão mais interessante do que o do álbum original, que este novo A Momentary Lapse of Reason merecia, depois, uma edição avulso…

Tal como sucedera com a caixa anterior o alinhamento de The Later Years está na verdade mais atento a conteúdos que transcendem o que os álbuns já nos deram a escutar. É por isso valorizada a presença de gravações ao vivo (quer em áudio quer em vídeo). E aqui entram em cena novas versões restauradas (tanto em DVD como Blu-Ray) dos filmes-concerto Delicate Sound of Thunder (que é também alvo de novo tratamento áudio, numa nova mistura) e Pulse. Em vídeo há ainda o concerto filmado em Veneza em 1989 assim como o registo da atuação do grupo em Knebworth em 1990. Entre os conteúdos em vídeo encontramos ainda os telediscos desta etapa, imagens não usadas na montagem do filme-concerto Delicate Sound of Thunder (entre as quais momentos de ensaios), os filmes criados para os ecrãs das digressões que se seguiram tanto a A Momentary Lapse of Reason como a The Division Bell. Há ainda uma série de documentários, entre os quais estão pequenos filmes que contam a história das fotografia que vemos nas capas dos álbuns de 1987 e 1994 (e Storm Thorgerson confessa que a imagem captada na praia ficou por um orçamento milionário que nem quer recordar), incursões pelos bastidores e promoção da digressão de 1994, um filme de Ian Emes com a música do álbum The Endless River como banda sonora e ainda uma visita ao estúdio onde Gilmour e Mason se reencontraram para dar forma ao disco de 2014.

Delicate Sound of Thunder e Pulse, que tiveram edição como discos ao vivo, respetivamente em 1988 e 1995, estão igualmente representadas na caixa em suporte de áudio em CD. Apenas em CD há ainda gravações extra da digressão de finais dos anos 80 (correspondendo a temas que ficaram de fora de Delicate Sound of Thunder, e ainda uma série de outtakes de estúdio, ainda inéditos, de 1994. Num DVD e Blu-Ray surgem, depois, misturas em 5.1 do áudio da nova versão do álbum de 1987, de The Division Bell, de 1994, e de outtakes das sessões deste último.

A caixa inclui ainda dois singles em vinil (um deles com Arnold Layne, gravado em 2007 num concerto de homenagem a Syd Barrett), um livro e reproduções de memorabilia.

O preço, que é para fã com posses, limita naturalmente a sua circulação. E por isso mesmo foi criada uma versão “económica” com faixas que traduzem o que aqui podemos encontrar. Esta edição a preço “mais” de amigo. Com o título The Later Years 1987-2019 (Highlights), este “best of” da caixa inclui:

“Shine On You Crazy Diamond” (ao vivo em Knebworth, 1990)

“Marooned Jam” (inédito de 1994)

“One Slip” (versão de 2019)

“Lost for Words” (ensaio em 1994 não incluído na caixa)

“Us and Them” (de Delicate Sound of Thunder)

“Comfortably Numb” (ao vivo em Knebworth, 1990)

“Sorrow” (versão de 2019)

“Learning to Fly” (de Delicate Sound of Thunder)

“High Hopes (Early Version)” (inédito de 1994)

“On the Turning Away” (versão de 2019)

“Wish You Were Here” (ao vivo em Knebworth, 1990)

“Run Like Hell” (de Delicate Sound of Thunder)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.