Cupol “Like This For Ages” (1980)

Em 1980, depois de terem editado três discos que marcaram a história do punk londrino, os Wire entraram num período de pausa, focando atenções em projetos a solo. Alguns dos discos que então nasceram foram editados pela 4AD, como é o caso deste EP de 1980. Texto: Nuno Galopim

Lado A: Like This For Ages

Lado B: Kluba Cupol

(4AD, 1980)

Em 1980 os Wire, que tinham editado entre 1977 e 1979 três discos que representam uma das mais marcantes visões nascidas da revolução punk em Londres, enfrentavam um momento de impasse (e procuravam um caminho novo e, sobretudo, uma outra editora)… O impasse acabaria transformado num hiato que se prolongaria durante algum tempo, tendo o quarto álbum de estúdio surgido apenas em 1987. Durante esse interregno os músicos seguiram caminhos a solo. E a 4AD acabou por ser a casa de alguns dos discos que então foram nascendo.

O projeto Cupol na verdade não foi senão o nome que a dupla constituída por Graham Lewis e Bruce Gilbert encontrou para dar forma à gravação de um disco único no qual fixaram a música que criaram para financiar um projeto de performance de Russell Mills. Ambos tinham já batido à porta de Geoff Travis, na Rough Trade, para apresentar um outro projeto (a que chamaram Dome), tendo o editor aconselhado os dois elementos dos Wire a fazer uma auto-edição.

Para gravar os dois temas que tinham criado para o projeto de performance tentaram a sorte com Ivo Watts Russell, que os acolheu na 4AD. Pouco tempo depois estariam a gravar ali mesmo o álbum 3R4 sob o nome BC Gilbert & G Lewis. Mas a estreia de ambos no catálogo da 4AD fez-se no EP que lançaram sob o nome Cupol. No lado A surge Like This For Ages, uma canção desenhada em clima exploratório, na qual a voz de Lewis surge em frente a uma cenografia definida por uma arquitetura rítmica insistente e uma cenografia elaborada e na qual não faltam elementos de eletrónica, notando sobretudo um labor de sonoplastia. No lado B apresenta-se Kluba Cupol, um instrumental hipnótico de cerca de 20 minutos, que poderá ter tido como fonte de inspiração uma passagem dos Master Musicians of Jajouka por Londres.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.