Um retrato de palco da vida dos ex-Japan (sem Sylvian) depois dos Rain Tree Crow

Edição exclusiva do Record Store Day, a primeira prensagem em vinil do álbum ao vivo de 2001 “Playing In a Room With People”, de Steve Jansen, Richard Barbieri e Mick Karn, inclui uma incursão (inédita) pela memória dos Japan. Texto: Nuno Galopim

Quando o álbum Oil on Canvas dos Japan chegou às lojas de discos, em junho de 1983, já cada um dos quatro elementos da formação final do grupo (sem o guitarrista Roger Dean, portanto) estavam entregues à procura de novos caminhos… Com o grupo separado tanto o baixista Mick Karn como o vocalista David Sylvian deram continuidade a carreiras a solo que tinham já gerado discos antes mesmo da separação do grupo. Curiosamente, tanto Steve Jansen e Richard Barbieri (que a partir de 1985 desenvolveram projetos conjuntos tanto assinado com os seus nomes como através dos Dolphin Brothers) participaram nos álbuns de estreia de um e de outro Titles (Mick Karn, 1982) e Brilliant Trees (David Sylvian, 1984). No final da década os quatro voltaram a reunir-se como Rain Tree Crow, experimentando aí os trilhos mais da música improvisada. O projeto acabou mal, com uma evidente cisão entre Sylvian e os demais… Mas da vontade em continuar a trabalhar em conjunto, Jansen, Barbieri e Karn juntaram um projeto em trio à continuação das respetivas discografias. Apresentavam-se pelas suas iniciais JBK e, entre 1994 e 1999 apresentaram um trio de edições em estúdio, ao que se seguiu, em 2001, a edição de um disco ao vivo.

Editado então apenas em CD com o título Playing In a Room With People, o disco (resultado de gravações em frente a plateias em Londres e Tóquio) o alinhamento cruza vários momentos das suas carreiras. Há aqui sobretudo uma presença dos discos que os três músicos gravaram nos anos 90 (curiosamente fora da obra como JBK), nomeadamente Stories Across Borders (1995) de Steve Jansen e Richard Barbieri e Bestial Cluster (1993) e The Tooth Mother (1995) de Mick Karn. Aos temas (na maioria instrumentais) destas boas colheitas junta-se Walkabout de Richard Barbieri e Types of Ambiguity, um inédito de Steve Jansen. Do passado comum a todos encontramos Big Wheels in Shanty Town do disco que editaram como Rain Tree Crow. E, novidade face ao alinhamento do CD de 2001, o lado D da nova prensagem em vinil inclui Life Without Buildings, dos Japan, que é claramente o tesouro desta edição.

Em trio os três ex-Japan seguem aqui claramente por caminhos que o álbum Tin Drum sugerira em 1981: música mais cinematográfica no seu cuidado em desenhar espaços, um evidente interesse em explorar ecos de músicas de outros tempos e lugares e também um bem estar em caminhar ocasionalmente por rumos mais próximos da música ambiental… Playing In a Room With People é por isso um belo exercício de síntese das possibilidades pós-Japan que os três músicos (sem Sylvian portanto) tomaram depois de definitivamente fechada a história do grupo.

Playing In a Room With People” de Jansen Barbieri Karn é uma edição exclusiva do Record Store Day e está disponível num 2LP editado pela Jansen Barbieri Karn.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.