A aventura (breve mas intensa) dos Classix Nouveaux

Uma caixa de quatro CD reune a integral das gravações de estúdio que os Classix Nouveaux lançaram entre 1980 e 183, juntando aos alinhamentos originais dos álbuns os temas lançados em lados B de singles e nos máxis então editados. Texto: Nuno Galopim

Nasceram das fornalhas de novas visões que emergiram (via new wave) dos ecos da revolução punk. Foram associados ao movimento new romantic pela atitude visual e afinidades instrumentais (sobretudo o diálogo entre fulgor elétrico das guitarras e a presença dos sintetizadores). E viveram um percurso feito de três álbuns de estúdio e um belo lote de singles, talhando uma dimensão mais na esfera do culto do que num patamar de popularidade maior (salvo em países como, sobretudo, Portugal e a Polónia)… Quarenta anos depois, a história (em estúdio) dos Classix Nouveaux é praticamente toda revisitada numa caixa que a Cherry Red acaba de editar.

         As origens do grupo recuam à separação dos X-Ray Spex (nome de algum peso no panorama punk londrino), surgindo o vocalista Sal Solo na resposta a um anúncio no Melody Maker. Com ele veio Mick Sweeney, que com Sal Solo militava nos The News, banda de vida curta e com apenas um single editado (Blue Thru, em 1978, pela GTO). A eles juntavam-se os ex-X Ray Spex Jak Airport e BP Hurding, nascendo assim a formação original dos Classix Nouveaux que se estreia ainda em 1979 no Camden Palace, em Londres, assegurando o próprio grupo, meses depois, já em 1980, a edição do seu single de estreia Robot’s Dance, que marca presença em algumas pistas de dança e chega a alcançar o número 22 na lista de singles de editoras independentes. O single de estreia chega numa altura em que surge um interesse pela EMI, ao mesmo tempo que surgem primeiros artigos na imprensa musical britânica, em muitos deles notando-se uma vontade em associar os Classix Nouveaux à “movida” londrina que entretanto colocava em cena nomes como os Visage ou Spandau Ballett. Curiosamente há textos que associam igualmente os Classix Nouveaux a um modo de cruzar linhagens pop/rock para guitarras com um sentido mais pop e dançável com afinidades para com o que os Duran Duran (em 1980) começavam igualmente a mostrar. E na verdade o futuro guardava a ambos os grupos alguns cruzamentos, desde a mesma equipa de trabalho na editora à figura de Alex Sadkin, o produtor responsável pelos álbuns que as duas bandas gravariam em 1983.

         O single Nasty Little Green Men, ainda em 1980, assinalou o início do relacionamento com a EMI (por via da etiqueta Liberty) que acompanharia toda a obra em disco que o grupo editaria até 1983. O álbum de estreia, Night People, com produção de Sal Solo e Mick Sweeney, vinca as visões lançadas pelos dois singles de estreia num álbum de ambientes mais elaborados, densos, mas nem por isso menos festivos, como se nota ao som de Guilty. Tokyo e Inside Ouside, curiosamente os três temas extraídos como singles. O disco teve edição europeia, surgindo versões com capas distintas, uma mostrando a foto de um relógio, a outra mostrando uma foto da banda (a usada na edição portuguesa). Esta capa com foto de banda deu rosto à edição do álbum nos EUA e no Canadá na qual o alinhamento incluía os dois primeiros singles, apresentando-se o disco com o título Classix Nouveaux. Estas duas versões do álbum de estreia surgem agora reproduzidas na caixa The Liberty Recordings 1981-83, em versões que juntam como extras os lados B dos respetivos singles, uma versão diferente de Robot’s Dance e ainda as versões edit e máxi de Inside Outside.

         A estes dois CD a caixa acrescenta um outro com o alinhamento de La Verité (1982) e um mais com Secret (1983), cada qual acompanhado por extras na mesma linha, complementando as faixas dos álbuns com as dos singles e máxis correspondentes, juntando ainda o CD4 o single (não representado em álbum) The End… Or The Begining, de 1982. Se La Verité corresponde a um desenvolvimento natural do álbum de estreia, já Secret revela a busca de uma música mais elaborada, mais trabalhadas nas texturas e na relação entre as sequências cantadas e os momentos instrumentais, resultando de um trabalho meticuloso em estúdio com Alex Sadkin que, como recorda o próprio Sal Solo em palavras que podemos ler no booklet, terá esgotado o orçamento disponível, explicando assim o desinvestimento promocional que depois acompanhou o lançamento do disco.

         O desmembramento da formação que então gravara o terceiro álbum abriu caminho a um fim que se começou a desenhar com a estreia a solo do vocalista com o single San Damiano (Heart and Soul), em 1984, no qual se anunciavam já sinais de novos caminhos de convergência entre a canção e a sua fé. Com sucesso apenas realmente notado no Reino Unido em 1982 com o single Is It a Dream?, embora tendo desencadeado fenómenos de sucesso maior em alguns países – em Portugal Never Again (The Days Time Erased) foi um dos maiores êxitos do ano e na Polónia o grupo representou o primeiro grande “caso” de abertura à cultura pop ocidental – os Classix Nouveaux viveram até 1985. Na verdade, depois da fase Secret, há ainda uma gravação de estúdio na qual o nome do grupo é registado. Trata-se de Heartbeat, quarto single a solo do vocalista, que surge creditada na capa do disco como Sal Solo and Classix Nouveaux (gravação não integrada nesta caixa). Apesar de afinidades naturais, sobretudo pela presença da voz e do clima cenográfico de alguns dos momentos de Secret, o álbum Heart & Soul (1985) levava o cantor para outros terrenos. Guardada na memória do tempo e sem descendência evidente, a obra dos Classix Nouveaux representa, contudo, um importante exemplo de um tempo de busca de novos sentidos para a canção pop/rock num momento em que as guitarras acolheram a presença (dialogante) das eletrónicas.

“The Liberty Recordings 1981-83”, dos Classix Nouveaux, é uma caixa de 4CD editada pela Cherry Red

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.