Neat Records (Lisboa)

Chama-se Neat Records, fica na Rua Rebelo da Silva e é “uma loja de dois velhos amigos” que junta dois profissionais já rodados entre trabalhos com bandas, editoras, lojas e distribuição. Classic rock, punk / hardcore e metal em evidência numa oferta que se alarga depois a muitos outros géneros, do jazz, funk e soul até à MPB ou reggae e não só. Texto: Nuno Galopim

Foto: Pedro Roque

Este sábado, uma nova loja de discos abriu as suas portas em Lisboa. É a Neat Rercords e, como os responsáveis descrevem, “uma loja de dois velhos amigos”. Eles são Rafael Brazuna e Eduardo Mendonça, “ambos com um longo percurso neste universo, mais de duas décadas de bandas, lojas, editoras, distribuidoras” num espaço “muito ligado ao meio DIY do Punk/HC”, onde se conheceram há 25 anos. A primeira distribuidora de Rafael Brazuna foi a da Casa Okupada  (1997) da Praça de Espanha. “Com o tempo e o crescimento das distros/lojas fomos integrando outros géneros e atualmente, apesar do punk rock ter um destaque especial, impera a diversidade, do fado ao black metal”, conta Rafael Brazuna ao GiRA DiSCOS.  Eduardo Mendonça , por seu lado, “nunca tinha tido uma loja física”, mas nele havia “muita vontade” e Rafael “queria expandir”. A loja “onde estava teimava em não aumentar de tamanho”. E como têm “visões semelhantes”, depois “de muita conversa”, decidiram juntar-se para esta “aventura”.O nome e imagem da loja “vêm de uma das melhores bandas de punk rock de todos os tempos, os The Damned”… “Neat, neat, neat”!!!

Abrir uma loja nesta altura é uma decisão corajosa. Rafael diz-nos queambos procuravam um espaço há já algum tempo “mas a verdade é que a loucura dos valores dos arrendamentos em Lisboa nos últimos anos não nos estava a facilitar a vida”. Em tempo de pandemia “os valores começaram a baixar”, surgiu “uma boa oportunidade” e não hesitaram. E acrescenta: “Ambos trazemos uma boa carteira de clientes, mas claro que vamos apostar na comunicação para chamar público à loja. Talvez ainda mais importante, é ter um espaço agradável, onde se é bem recebido, com preços justos, para que quem vem conhecer tenha sempre vontade de voltar!”

A Neat Records “tem maioritariamente discos usados, mas também alguns novos”. O vinil “reina” por ali, em LP e EP, e ainda há bastantes CDs. Além disso há “livros e fanzines, uma secção em crescimento, todos ligados ao mundo da música claro”.A loja está representada na plataforma Discogs (https://www.discogs.com/seller/SHUNYARA/profile) e tem contas tanto no Facebook: (https://www.facebook.com/neatrecordslx) como no Instagram (@neatrecordslisboa).

A loja “é destinada a todos os que gostam de música”. Neste momento “as três secções maiores são a dos 60’s/70’s (que englobam o classic rock / prog / kraut / psychedelic, etc….), a de punk / hardcore e a de metal, seguidas por secções generosas de jazz, indie / alternative, pop, MPB, reggae, funk / soul… Mas claro que tudo isto varia e depende muito dos lotes que vão entrando”.

E que futuro imaginam os responsáveis da Neat Records para o universo das lojas de discos?Rafael Brazuna responde: “Neste momento complicado tentamos ser positivos, esperamos que tudo regresse à normalidade o mais brevemente possível, mas estamos conscientes de que pode demorar. Inevitavelmente, durante este período, as lojas vão ter de apostar mais nas vendas online. O interesse no vinil continua a crescer e de uma maneira ou outra as pessoas vão continuar a procurar”.

Foto: Pedro Roque

Neat Records

Rua Rebelo da Silva 55B, 1000-257 Lisboa

Horário:

De Segunda a Sábado das 12.00 às 19.00

Email:

neatrecordslx@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.