Querem um disco para retratar o que foi este ano 2020? Aqui está uma proposta…

A 23 de julho Nick Cave “transmitiu” online uma atuação na qual se apresentava, ao vivo, apenas acompanhado pelo piano, na sala vazia do Alexandra Palace. O momento fez-se depois cinema. E agora a banda sonora dessa noite surge na forma de disco. Texto: Nuno Galopim

Quando me perguntam qual foi o melhor disco de 2020 a resposta na verdade poderá ser uma mão-cheia de títulos. É que não faltaram grandes discos num ano em que tantas outras coisas estiveram em falta… Mas se em vez de “o melhor” me perguntarem sobre o que mais pode representar o que foi o ano que passou, então a resposta pode ser facilmente reduzida a um só discos (e que corresponde também um dos melhores que escutei este ano): Idiot Prayer, de Nick Cave. Podemos encará-lo como a gravação de um recital para voz e piano. E também como a banda sonora para o filme com o mesmo título. Mas além disso é também um retrato do que foi um ano feito de afastamento, de confinamento, de partilhas feitas à distância. E, tudo isto sem esquecer o que está na base de tudo: uma belíssima coleção de canções e uma série de maravilhosas reinvenções de todas elas para apenas voz e piano. A tal solidão não silenciosa que caracterizou a alma deste ano, acaba assim por estar ali retratada.  

Quando, daqui a uns anos, alguém procurar como ficou fixada a memória de 2020, entre as peças a chamar estará este Idiot Prayer de Nick Cave (o filme e o disco). Mais do que o facto de ter começado por ser uma transmissão online de uma atuação a solo (feita na noite de dia 23 de julho), a solidão de uma vasta sala de espetáculos sem mais ninguém além de Nick Cave (senão a equipa que captava imagens e som), onde o silêncio irrompia ao fim de cada da canção, traduzia a extrema solidão que um tempo de distanciamento físico (que não é exatamente sinónimo do “distanciamento social”) inscreverá numa etapa difícil, e pelos vistos, longa, das nossas vidas.

Ver e ouvir Nick Cave a solo, apenas acompanhado por um piano, não foi de todo uma surpresa inesperada, bastando para tal notar como a relação entre voz e o piano se tem vindo a desenhar desde que, em 1990, o álbum The Good Son abriu outros horizontes à sua demanda como autor e cantor.

O alinhamento escolhido foi certeiro ao evitar de uma omnipresença do tom mais sombrio dos dois últimos álbuns, ambos assombrados pela perda de um dos seus filhos. Skeleton Tree e Ghosteen passaram por Idiot Prayer. Mas as preces ao piano na verdade abordaram mais temas, encarnaram outras fontes de dor e melancolia, cruzaram mais discos, mais etapas de vida. Desde os tempos de Stranger Than Kindness e Sad Waters até ao presente (com a estreia de Ethanasia, uma nova canção) não deixando de fora os Grinderman, num clima de placidez solitária que respirou com maior fulgor (inevitavelmente) ao som de The Mercy Seat ou Jubilee Street, Nick Cave apresentou um alinhamento de 21 canções digno de uma tour a solo por salas eleitas pelo mundo fora.

Talvez o faça um dia, quem sabe… A sua interação mais direta com admiradores através do seu site e a série recente de “atuações” Conversations With Nick Cave estarão certamente na raiz do caminho que o levou a esta partilha mais solitária. Mas antes mesmo de o podermos ver, de facto, a solo, com um piano (num programa na linha deste e não de conversa e canções), certamente a sua prioridade será a de regressar aos palcos devidamente acompanhado pelos Bad Seeds. Cá o esperamos em 2021…

“Idiot Prayer – Nick Cave Alone at Alexandra Palace”, de Nick Cave, está disponível em LP, CD e nas plataformas digitais numa edição Bad Seed Ltd.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.