Duran Duran “My Own Way” (1981)

O quarto single dos Duran Duran, lançado em novembro de 1981, representou a partida para o seu segundo álbum, que seria apenas lançado quase seis meses depois. Gravado em outubro, ou seja, muito antes das demais canções que depois surgiriam em Rio, My Own Way assinalava evidente afastamento do som apresentado no álbum de estreia, apostando numa revinvenção do legado do disco na forma de uma canção pop ritmada e melodiosa, destacando-se na sua estrutura um arranjo de cordas assinado por Richard Myhill e pelos próprios Duran Duran.

No lado B era incluído Like An Angel, elegante tema mid tempo que pisca o olho ao tom delicado do som contemporâneo dos Roxy Music. O single obteve resultados aquém do esperado, atingindo apenas o número 14 no Reino Unido. O grupo, aparentemente, desenvolveu uma má relação com My Own Way, nunca tendo incluído o single nas compilações ‘oficiais’ Decade ou Greatest.

O máxi-single voltava a apresentar uma Night Version reconstruída e mais longa do tema, mostrando um segmento instrumental na abertura e com uma outra nova sequência festiva, a meio da nova versão, valorizando alguns elementos rítmicos que já sugeriam as rotas americanas que Rio tomaria pouco depois.

Em Portugal este single foi, contudo, um dos maiores sucessos dos Duran Duran, tendo-se mantido por sete semanas no primeiro lugar da tabela de vendas. Houve, inclusivamente, uma segunda edição do single exclusivamente criada para o mercado português. Com uma foto da banda na capa, essa segunda edição do sete polegadas incluía o mesmo alinhamento da edição oficial internacional. Além da capa diferente, um extra desta edição portuguesa era um autocolante, com a mesma foto da banda.

O teledisco de My Own Way, realizado por Russel Mulcahy, é um dos mais invisíveis dos Duran Duran na história da MTV ou VH1. Todavia, foi presença regular na televisão portuguesa entre 1981 e 82. Com cenário e banda a preto, branco e vermelho, é integralmente rodado em estúdio, juntando aos músicos dançarinos que citam gestos e passos de flamenco (aceitando assim a sugestão do grafismo da capa do single) e um papagaio verde, que se passeia sobre o teclado de Nick Rhodes.

Quando, meses depois do single, o álbum Rio chegou às lojas, My Own Way apresentava-se numa versão diferente, mais lenta. Outra mistura, assinada por David Kershenbaum, apareceria depois numa edição especial do álbum para o mercado americano e numa das edições do EP Carnival.

12″ edição UK
7″, segunda edição portuguesa
7″ edição espanhola
7″ edição francesa
7″ edição japonesa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.