As visões para cinema que continuam a inspirar Nick Cave e Warren Ellis

Com uma obra conjunta para o grande ecrã desde 2005, Nick Cave e Warren Ellis têm em “La Panthère des Neiges” não só uma das suas melhores bandas sonoras mas também um disco em evidente sintonia com os seus mais recentes títulos vocais. Texto: Nuno Galopim

Nick Cave tinha já assinado alguns trabalhos para o teatro e cimema quando, em 2005, surgiu nos ecrãs The Proposition, um filme de John Hillcoat nascido de um argumento do próprio músico. Era um ‘western’ vivido nos antípodas no qual um dos elementos mais destacados foi precisamente a banda sonora, que Cave assinou em parceria com Warren Ellis, músico que, dentro deu seu universo, começou por tocar com os Bad Seeds, tendo depois deste filme representado, com o passar do tempo, o seu principal colaborador. Os muitos trabalhos que ambos assinaram desde então para o cinema representaram, inclusivamente, as bases para as linguagens exploradas nos mais recentes discos gravados com os Bad Seeds, com momento maior fixado entretanto em Carnage, álbum de canções assumido como uma criação a dois.

La Panthère des Neiges não é neste sentido uma novidade, mas sim um novo episódio em continuidade face a esse percurso. Mas das muitas obras para cinema assinadas por ambos é talvez a que mais se aproxime dos recentes discos vocais de Cave, apresentando inclusivamente o alinhamento duas canções que poderiam ser descendentes diretas de Carnage ou Ghosteen

O filme é um documentário de Marie Amiguet and Vincent Munier (este último um fotógrafo especializado no mundo selvagem), criando em conjunto com o escritor Sylvain Tesson. Ambos partem ali em busca da pantera das neves, na região dos Himalaias. É verdade que não vi ainda o filme, mas o modo como a história e as imagens cativaram Ellis e Cave, estimulando mais uma colaboração, tem para já na música um cartão de apresentação que, na verdade, também vive de forma independente como disco (originalmente com lançamento digital em finais de 2021 e agora disponível em suporte físico). E enquanto as imagens não chegam (mas o desejo de as ver fica já lançado) temos nesta banda sonora maios uma expressão das buscas recentes de Ellis e Cave por uma música que cruza o orquestral com as electrónicas para definir ambientes suaves, discretos, mas arrebatadores, partilhando afinidades com criações recentes de ambos os músicos. E as novas canções (Les Cerfs e We Are Not Alone) estão ao nível das que temos encontrado nos discos que Cave e Ellis nos deram a escutar nos últimos anos. 

“La Panthere des Neiges”, de Nick Cave e Warren Ellis, está disponível em LP e CD numa edição da Invada/Lakeshore

2 pensamentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.